Uma análise dos ecléticos.

Dizem – e o sujeito desse verbo são pessoas de cabeça fechada, que acreditam que só o que eles gostam é realmente bom – que pessoas ecléticas não têm personalidade.
Vamos começar pela definição do meu brother Houaiss. Ecletismo s.m.: qualquer doutrina ou prática que escolhe o que há de melhor entre várias doutrinas, métodos ou estilos.Está exatamente aí o x da questão. Olha só como o eclético é interessante: ele não tem preconceitos, é aberto a novas experiências, sabores, sentidos… Ele sabe identificar o melhor de cada coisa, sabe que existem horas, lugares e circunstâncias que combinam com determinadas escolhas. Ele se adapta. Pode ouvir jazz no engarrafamento, dançar hip hop sábado a noite, curtir um samba no domingo e estudar ouvindo Mozart. Freqüenta todos os lugares e se sente bem em todos, sabendo aproveitar as vantagens de cada um.
Veja bem, ele não é sem personalidade (s.f. […]2 qualidade essencial de uma pessoa, originalidade 3 aspecto que alguém assume e projeta em público; imagem […]). Primeiro, porque os ecléticos são muito distintos uns dos outros: enquanto determinadas “tribos” são perfeitamente previsíveis (ex.: “pessoas que gostam de axé gostam de Ivete Sangalo e/ou Babado Novo, e/ou Asa de Águia e/ou Chiclete com Banana”) os ecléticos tem um campo infinito de escolhas, resultando em inúmeras combinações. São diferentes, pois, cada um sabe se identificar com várias coisas de vários grupos temáticos. Então, eles sempre vão ser originais, pois não seguem um padrão. Não porque acham que precisam sair do padrão, mas, melhor ainda, isso acontece naturalmente.
Outra característica, nem tão relevante, mas que vale a pena citar, é que, principalmente na adolescência, onde as tribos têm seus gostos musicais, de locais pra freqüentar, gírias a dizer e roupas a vestir, o eclético não tem nada disso. Ele não vai precisar desses suportes pra se identificar com o seu grupo, já que ele é misto. Pode parecer que ele vai se sentir excluído, mas na verdade ele está apto a fazer qualquer tipo de amizade. Ele conhece um pouco de cada um, e em parte, pode se identificar com todo mundo.

É claro que pode parecer falso, já que ele apresenta diferentes imagens pessoais para determinadas situações, mas ora, nenhuma delas é falsa! Ele tem o direito de gostar de coisas diferentes, ué!

E só posso terminar esse texto com uma citação muito pertinente, ainda que batida: “Eu prefiro ser essa metaformose ambulante/ do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”.

fa.jpg

Ass: Vivi, cujo Ipod contém os mais variados artistas. Afinal, bom mesmo é ser imprevisível. Porque eu adoro quando alguém tenta me definir e se limita no preconceito que tem pela minha imagem.

6 Comentários »

  1. Thiago Said:

    vc ter que programar o css pra mudar o espaço entre os parágrafos…

    vou fazer isso no meu blog depois te digo onde é… por enquanto a preguiça me impede.

    acho que sou eclético.. nunca tive um jeito de me vestir.. os surfistas daqui se vestem como surfistas, os rockeiros como rockeiros, os favelados-funkeiros como favelados-funkeiros e assim por diante.

    escuto todo o tipo de música.. só não gosto de pagode e funk.. pagode porque me dá sono e funk pq não gosto de ouvir voz de mano cantando e as letras geralmente são vulgares.

    STRAWBERRY FIELDS FOREVER!!!

  2. Gus Fune Said:

    Ta, eu sou eclético dentro de um estilo musical, vale?😛

  3. Johnny C Said:

    po… eu nunca fui muito com a cara da palavra eclético, mas nunca tinha lido a definição dela também rs… enfim, acho que me encaixo.

    Especialmente por esta parte – “Olha só como o eclético é interessante: ele não tem preconceitos, é aberto a novas experiências, sabores, sentidos… Ele sabe identificar o melhor de cada coisa, sabe que existem horas, lugares e circunstâncias que combinam com determinadas escolhas. Ele se adapta. Pode ouvir jazz no engarrafamento, dançar hip hop sábado a noite, curtir um samba no domingo e estudar ouvindo Mozart. Freqüenta todos os lugares e se sente bem em todos, sabendo aproveitar as vantagens de cada um.”

    ai sim eu me encaixei rs… mas meu “mainstream” é rock, definitivamente. =p

    e… eu ia quase dizer que meu ipod também é assim… mas eu perdi ele😥 agora só mp3 no celular… (que tem 1/3 do espaço disponível que o ipod tinha…)

  4. Xis Said:

    Ótimo texto, linda a foto…concordo plenamente tbm sou muito eclético as vezes ao estremo de em um momento estar escutando musica gospel e duas horas depois estar ouvindo System meus vizinhoz devem achar q sou loko mais hehe t+ bjuxxx

  5. Thiago Said:

    como o johnny eu tb nunca gostei da palavra.

    ei, vivi, na admin vai em presentation/theme editor (eu tentei por lá mas não consigo confirmar as alterações, HAJA!), e mexe nessa parte:

    p {

    margin: 0.5em 0px 0.7em;

    line-height:1.6em;

    }

    (o meu tá assim) aumenta o line-height, que é o espaçamento entre as linhas. na margin, aumenta o primeiro valor (que no meu é 0.5em, deixa 1em ou 0.8em, vai aumentando e vendo a diferença) e/ou o último (0.7em no meu, deixa 1.5em, por aí).

    o primeiro valor é a margem superior do parágrafo, o segundo é a margem direita e o último a margem inferior.

  6. Marcus Said:

    É interessante como as pessoas associam o eclético ao sem personalidade. Acho tão normal gostar de tantas coisas ao mesmo tempo que na verdade acho um saco ter que seguir um padrão só bancar o de “personalidade forte”.

    Como diz a música de Raul citada acima, “prefiro ser.. essa metamorfose….”, você se sentir a vontade com várias coisas diferentes lhe dá margem a possiveis mudanças, se conhecer melhor, crescer mais. Porém, acho que ser eclético não é apenas escutar de tudo, estar em todos os lugares ou conhecer pessoas de todas tribos. Valorizo o fato de uma pessoa ser eclética mas saber o por que cada coisa lhe agrada, ser coerente, saber onde pisa e posteriormente querer mudar, ou não.


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: